fbpx

Condomínios sustentáveis: saiba como valorizam a natureza e o seu imóvel

Morar em um condomínio sustentável é bom não só para o meio ambiente, mas também para quem preza pela qualidade de vida, agora e no futuro.

Um condomínio começa a ser sustentável desde a sua concepção, com projetos de eficiência energética, conforto acústico e para captação de água da chuva, medição individualizada de água nas unidades, elevadores mais eficientes, bem como através de um sistema construtivo que proporcione a redução na geração de resíduos durante a obra, dentre outros.

Mas além de estruturais, algumas outras práticas também são características de um condomínio sustentável. A seguir, estão listados as principais, capazes não só de gerar impactos menores ao meio ambiente, mas de promover bem-estar, economia e a valorização do seu imóvel.

Sustentabilidade na economia de água

O uso racional da água implica em contas mais baixas. Ou seja, ganham a natureza e o bolso dos moradores também. Assim, tanto nas unidades (apartamentos ou casas), quanto nas áreas comuns do condomínio, torneiras com fechamento automático são excelentes para evitar desperdícios.

Da mesma forma, vasos sanitários com acionamento duplo de descarga, ajudam no consumo consciente e chegam a economizar até 60% do volume de água durante a sua utilização, de acordo com seus fabricantes.

Torneira com acionamento automático

Sustentabilidade na economia de energia

As lâmpadas de led, além de mais duráveis, são econômicas. Assim, o ideal é que estejam presentes em 100% da área comum do condomínio. E, claro, tê-las também na sua casa, é muito bom para o seu bolso.

Em alguns locais de uso comum, como hall e banheiros, sensores de presença são importantes para gerar uma maior economia de energia.

Sustentabilidade na gestão de resíduos

Sem dúvida, um dos grandes problemas no mundo é o descarte incorreto do lixo, responsável por causar uma série de problemas ambientais. Mas é possível começar a diminuir esse impacto com lixeiras de coleta seletiva no condomínio. Assim, plástico, papéis, vidro e metais serão destinados para a reciclagem. Basta que os moradores separem em suas casas o lixo orgânico do reciclável e leve até as lixeiras. O meio ambiente, claro, agradece.

Outro descarte que deve ser feito de forma correta é o de óleo de cozinha. Ao despejá-lo na pia, além do dano ambiental devido à poluição de rios e mares, há também os transtornos e prejuízos causados pelo entupimento das tubulações do condomínio. Assim, oferecer um ponto para o descarte do óleo de cozinha é uma excelente solução.

Lixeiras de coleta seletiva promovem o descarte correto de materiais recicláveis

A Realiza Construtora possui condomínios sustentáveis em várias cidades brasileiras, porque entende que é agora que se preserva o futuro. Com a crescente conscientização sobre a importância da sustentabilidade por parte das pessoas, a tendência é que esses empreendimentos sejam cada vez mais procurados e valorizados no mercado. Que tal conquistar seu imóvel próprio em um deles? Confira aqui os condomínios disponíveis.

Pesquise no blog

Assuntos pro Categorias

Posts Populares

Decore sua varanda gourmet com as dicas da Designer de Interiores Juliana Monteiro